PÓLO ECONÔMICO REGIONAL

Mesmo sem ponderar os diversos setores envolvidos, é evidente ser predominante o município de Pelotas o qual, guardadas as proporções, atua como centro polarizador, embora não se possa afirmar existir uma “grande Pelotas”.

Pelotas absorve vastos fluxos populacionais, comerciais e financeiros e de prestação de serviços, exercendo poderosa influência sobre 27 outros municípios.

A estrutura física do comércio e dos serviços do município de Pelotas apresenta uma diversificada oferta de estabelecimentos de todos os setores e gêneros de atividade econômica. 

PIB - 2009

Valor adicionado bruto da agropecuária a preços correntes
R$ 139.167.000,00
Valor adicionado bruto da indústria a preços correntes
R$ 692.457.00,00
Valor adicionado bruto dos serviços a preços correntes
R$ 2.692.321.000,00
Impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes
R$ 323.983.00,00
TOTAL:
R$ 3.847.928.000,00


Nesse montante não está considerada a economia informal, estimada em 30%.


PIB PER CAPITA: R$ 11.147.57,00

FONTE: IBGE FEE-RS, 2009


QUADRO COMPARATIVO – PIB/2009 (EM REAIS)

PELOTAS
RS
BRASIL
Valor adicionado bruto da agropecuária a preços correntes
139 MILHÕES
18,62 BILHÕES
157,23 BILHÕES
Valor adicionado bruto da indústria a preços correntes
692 MILHÕES
55,17 BILHÕES
149,69 BILHÕES
Valor adicionado bruto dos serviços a preços correntes
2,69 BILHÕES
115,10 BILHÕES
1.887,44 BILHÕES
Impostos sobre produtos líquidos de subsídios a preços correntes
323 MILHÕES
26.96 BILHÕES
445,02 BILHÕES
TOTAL
3,84 BILHÕES
215,86 BILHÕES
3.239,40 BILHÕES


DISTRIBUIÇÃO DO PIB – RIO GRANDE DO SUL

Observa-se que, na metade sul, Pelotas e Rio Grande destacam-se com características econômicas diferentes. Os dois municípios, se considerados em conjunto, resultam num PIB expressivo: 10.128 milhões.


Observa-se também que o PIB do município de Pelotas obteve um crescimento de 9,9% em relação ao ano anterior.

FONTE:FEE-RS, 2009