ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Pacto Pelotas pela Paz

Mães da Guabiroba interagem em sessão do ACT

Emei Mário Quintana será o local de encontro

Por Adriana Rabassa 14-09-2018 | 17:43:38

      A Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) Mário Quintana, na Guabiroba, foi o ponto de encontro para sete mães que participaram, nesta sexta-feira (14), da primeira de nove sessões da metodologia ACT – Criando Crianças Seguras. Mediadora das discussões, a facilitadora Andréia Iriart espera conseguir promover novas rotinas para essas famílias, a fim de que se criem ambientes saudáveis para seus filhos. 

Fotos: Adriana Rabassa
“O ACT vem para preparar essas famílias. Acredito que através dessa formação vamos conseguir que promovam ambientes mais seguros, com proteção, cuidado, rotina e carinho”, disse Andréia às mães.

      Nas conversas iniciais desta tarde, Crislaine, Paula, Helena, Marcela, Rosana, Rochele e Vera já demonstravam harmonia, como se fossem velhas conhecidas. A cada proposta da facilitadora, elas falavam um pouco mais sobre sua família e o que esperavam aprender com os encontros. 

      Com a primeira atividade, onde as participantes deveriam se apresentar e falar sobre a origem de seus nomes, Andreia sugeriu uma reflexão para que pensassem como a educação das crianças se alterou ao longo dos anos. As mães – que tem entre 19 e 30 anos - destacaram mudanças de comportamento, falta de comunicação e de respeito como resultados da nova forma de educar da época, destacado por algumas como “muito diferente de como seus pais as educavam”. A personalidade exaltada e autoritária, verificada em alguns pequenos, também esteve entre as observações. 

      As Caixas de Sonhos – atividade que inspira a pensar sobre o amanhã dos filhos – também foram construídas no encontro. Nelas, as mães deveriam reproduzir o que esperavam para o futuro das crianças, tendo como base a educação promovida em casa. O espaço de fala, sem julgamentos, foi um momento com troca de experiências e relatos emocionados para essas mulheres.

Os encontros na Mário Quintana

      Desde o mês de julho, semanalmente novas turmas do ACT iniciam em diferentes pontos da cidade. As 220 famílias atendidas pela Coorte de 2015 e convidadas a participar do Estudo Piá – Primeira Infância Acolhida (promovido pela Prefeitura em parceria com a Universidade Federal de Pelotas), são distribuídas pela região de moradia. Para as sessões na Emei Mário Quintana, onze mães foram chamadas, mas apenas sete compareceram ao primeiro encontro. 

      O projeto faz parte do eixo de Prevenção Social do Pacto Pelotas pela Paz e seus resultados irão embasar uma política pública destinada à educação infantil. 

Tags

act, crianças seguras, famílias, mario quintana

Carregando 0%