ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Gabinete da prefeita

Paula conhece sistema de iluminação pública de BH

Prefeita esteve na capital mineira para visitar concessionária gestora da iluminação a partir de Parceria Público-Privada (PPP)

Por Luiza Meirelles 15-05-2018 | 10:46:01

      A prefeita Paula Mascarenhas visitou, na tarde desta segunda-feira (14), as instalações da Belo Horizonte Iluminação Pública (BHIP) – concessionária responsável por operar a iluminação da capital mineira a partir de um contrato de Parceria Público-Privada (PPP), assinado com a prefeitura em 2017.

Fotos: Divulgação

      Na oportunidade, a chefe do Executivo pôde conhecer o sistema implantado no município – que é referência e modelo de sucesso na área – e receber informações de representantes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A instituição é a que mais trabalha com PPPs de iluminação pública, atualmente, no Brasil e é parceira da Prefeitura de Pelotas na busca por consultoria para a modelagem deste setor.

      Concebendo a iluminação como uma das ferramentas que oferece maior segurança às pessoas, a BHIP delimitou objetivos para transformar o serviço em Belo Horizonte, que tem população estimada em mais de 2,5 milhões de habitantes. Entre as propostas da concessionária para requalificar a iluminação, está a troca de, aproximadamente, 182 mil pontos de luz (154 mil a mais dos existentes em Pelotas) que usam lâmpadas de vapor de sódio pela tecnologia de led – no período de três anos. Até o momento, cerca de 30 mil pontos já foram substituídos. 

Mais iluminação

      A mudança visa gerar mais economia em relação ao sistema tradicional - a intenção é reduzir os custos das contas de energia elétrica, no mínimo, em 45% -, maior durabilidade e baixa necessidade de manutenção, além de permitir o aumento dos espaços iluminados e eliminar as regiões de sombra, que costumam surgir entre uma luminária e outra.
O Consórcio é formado por quatro empresas e será o responsável por esta área do município até junho de 2037. A BHIP prevê, ainda, a ampliação em até 3 mil pontos de luz, manutenção das luminárias atuais, adoção de tecnologia para controle da iluminação (que possibilita o georreferenciamento de todos os pontos) e a iluminação de destaque em 13 regiões turísticas importantes da cidade mineira– entre elas, a orla da Lagoa da Pampulha.

Fotos: Divulgação

Compromisso com a população

          Em consonância a isso, a gestão também é voltada à solução de problemas e ao atendimento aos moradores: a BHIP disponibiliza um número de telefone para chamadas gratuitas, ouvidoria para casos de reclamações e, além disso, assume o compromisso de resolver as demandas relacionadas à troca de lâmpadas em até 48 horas.
Entre as autoridades locais, que receberam a comitiva pelotense, estão o diretor-presidente da BHIP, Marcelo Bruzzi, e o chefe do Departamento de Desestatização do BNDES, Osmar Lima.
Acompanharam Paula, em Belo Horizonte, os secretários de Serviços Urbanos e Infraestrutura, Jeferson Dutra, e de Planejamento e Gestão, Paulo Morales; e o assessor especial do Gabinete da Prefeita, Fábio Machado. Em Pelotas, foi criada, no início deste ano, a Comissão Técnica de Modelagem de Iluminação Pública (CTM-I), responsável pelos estudos para qualificar o serviço e garantir impacto direto na segurança pública. A Comissão é vinculada ao Comitê Gestor do Programa de Parcerias do Município de Pelotas. 

Tags

belo horizonte, bhip, parceria público-privada, iluminação pública

Carregando 0%