ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Segurança Pública

Guarda Municipal completa 30 anos de dedicação à segurança em Pelotas

Nova turma de guardas municipais, prestes a incrementar e fortalecer as ações de prevenção e repressão à violência, marca as três décadas de história da corporação

Por Luiza Meirelles 14-02-2020 | 17:27:12

Os 30 anos de história e dedicação à segurança pública da Guarda Municipal, em Pelotas, foram celebrados, oficialmente, nesta sexta-feira (14), no Pelotas Parque Tecnológico, com a entrega de homenagens a profissionais que contribuem para a consolidação do trabalho da corporação na cidade. No ano em que completa as três décadas de atuação, a instituição também tem outros motivos para comemorar: além das novas viaturas, equipamentos e fardamento, adquiridos pela Prefeitura no ano passado, uma nova turma de profissionais está prestes a ser incorporada ao efetivo, a fim de fortalecer e incrementar as ações de prevenção e repressão à violência.  

Fotos: Michel Corvello

Serão 28 novos guardas, nomeados no concurso público, diretamente vinculados ao setor operacional, no atendimento de ocorrências e na participação das Operações Integradas – com demais órgãos de segurança. Na próxima semana, o grupo conclui o período de instrução, ministrado pela Academia de Polícia Civil do Rio Grande do Sul (Acadepol), que corresponde a 600 horas/aula e prevê 35 disciplinas teóricas e práticas no conteúdo programático.  

A prefeita Paula Mascarenhas assinalou que a experiência de trabalho coletivo em Pelotas, do qual a Guarda é peça fundamental, tem se tornado referência no combate à violência. Um exemplo mencionado pela gestora é o registro do menor número de roubo a pedestre desde 2015, em Pelotas, em dezembro do ano passado.  

“Em nome da população, agradeço por essa corporação que, há 30 anos, está ao lado da sociedade”, cumprimentou Paula, destacando o caráter mais ostensivo incorporado pela Guarda nos últimos anos. “Começou sua trajetória tendo como objetivo principal – que se mantém até hoje – a proteção do patrimônio público mas, ao longo do tempo, foi se especializando, qualificando e assumiu, com muita seriedade e compromisso, outras responsabilidades”, disse.  

Ampliação do efetivo

Desde novembro de 2019, os alunos do curso de formação da Guarda frequentam aulas ministradas por instrutores da Acadepol e personalidades ligadas à área da segurança, que compartilham experiências e conhecimentos relacionados a técnicas operacionais policiais, legislação, noções de inteligência, prevenção de conflitos, defesa pessoal, ética, cidadania, armamento e tiro, direção defensiva, gerenciamento integrado de crises, entre outras temáticas.

Foto: Michel Corvello

A parte teórica já foi vencida pelo grupo, que agora está focado na parte prática do currículo, voltada às aulas de armamento e tiro – critério determinante para a aprovação no curso. Na próxima terça (18), eles serão avaliados por representantes das polícias Civil e Federal. 

Para o secretário municipal de Segurança Pública, Aldo Bruno Ferreira Chiatonne, a chegada dos novos guardas será importante para incrementar as ações do Pacto e a atuação das Operações Integradas, que também envolvem policiais militares, agentes de Trânsito, fiscais da Saúde e da Mobilidade, Polícia Civil, entre outros.

“Serão fundamentais para os planos de policiamento integrado. A ideia é aproveitá-los de forma cirúrgica, nas áreas onde temos mais incidência de ocorrências e onde mais precisam, conforme nosso monitoramento”, explicou o secretário. 

O comandante da Guarda, Sandro Carvalho, compartilha a satisfação para a ampliação do efetivo, hoje, formado por 170 profissionais, sendo 24 mulheres e 146 homens. “No último ano tivemos muitas aposentadorias, portanto, a chegada destes guardas vai reforçar o patrulhamento na rua”, comentou.  

Na reta final  

Daiane Casarin, futura guarda e uma das quatro representantes femininas da turma, afirma que o curso superou as expectativas que tinha em relação à qualidade. “O nível dos instrutores é altíssimo, aprendemos muito sobre defesa pessoal, legislação e armamento. No início, até receava que fizessem diferenciação por ser mulher, no sentido de ‘aliviar’ na formação, mas não; o tratamento foi igual para todos e, por isso, me sinto preparada para dar o meu melhor a partir de tudo que aprendi”, frisou a aluna.

Daiane é uma das quatro mulheres integrantes da turma - Fotos: Michel Corvello

Nesta quinta-feira (13), ela e os colegas participaram de mais uma aula de tiro. O instrutor da Acadepol, Rodrigo Morás, também credenciado pela Polícia Federal para a atuação, reforçou a importância de habilitá-los quanto ao conhecimento teórico da área. “O tiro pode definir se eles vão voltar vivos ou não para casa, por isso a importância de saberem as regras de segurança e os fundamentos da legislação.”

Um dos quatro responsáveis pela disciplina, Morás salientou o nível alto de exigência para os novos guardas, que serão submetidos a três provas relacionadas ao tema: uma teórica, onde precisam acertar 70% das questões; uma prática, com alvo humanoide, e outra com alvo multicolorido – em ambas, precisam ter aproveitamento mínimo de 60%. “É um teste rígido, que poucas forças de segurança aplicam. Exige reação rápida, identificação, precisão, velocidade e reflexo em poucos segundos. Só pessoas preparadas vão conseguir passar”, observou.

O instrutor, que atua desde 2012 na Acadepol, ressaltou que mais de dez professores da Academia vieram a Pelotas para a formação, o que considera uma oportunidade bastante positiva, uma vez que a instituição tem a chance de conhecer outras realidades. Todas as guardas do estado, a partir de agora, serão habilitadas pelo órgão o que, segundo Morás, é importante para a padronização das atuações. O instrutor também mencionou que todos os responsáveis pelas aulas são credenciados pela Polícia Federal.   

Combate e prevenção a incêndio

Nesta semana, a turma participou de aula com o Corpo de Bombeiros voltada à prevenção e combate a incêndios. Na oportunidade, os alunos Lilian Xavier e Matheus Peres indicaram o contentamento em fazer parte do processo. “É um sonho estar aqui, depois de estudarmos e nos prepararmos tanto. Ouvimos colegas antigos relatando sobre tudo o que a Guarda já passou e, hoje, vemos ela em uma crescente, ganhando mais espaço, respeito das outras instituições e da população”, afirmou Peres. Lilian acredita que vestir a farda azul é sinônimo de oportunidade para ajudar as pessoas. “Me sinto honrando a minha cidade. Quero fazer a diferença”, pontuou.

Aula com o Corpo de Bombeiros integrou o cronograma do curso - Fotos: Michel Corvello

Guarda Municipal

É através do Centro Integrado de Operações Municipais (Ciom) que a maioria das ocorrências chega ao conhecimento da Guarda. Isso porque na sala de operações há o monitoramento de diversos pontos da cidade e a central telefônica, que recebe chamados pelo número 153. No Ciom também é possível monitorar, em tempo real, o posicionamento de todas as viaturas por GPS (entre carros, micro-ônibus e motocicletas), o que permite um encaminhamento mais rápido das guarnições às ocorrências.

Desde julho de 2018, a Guarda pode acessar o Sistema de Consultas Integradas, via convênio com o governo estadual, o que gera mais agilidade às abordagens e melhora o planejamento do Departamento de Inteligência. Agora, ela tem autonomia para consultar dados como endereços, nomes dos pais, fotos, se a pessoa se envolveu em ocorrência criminal, inquéritos policiais e processos judiciais, se já esteve presa ou se é foragida. 

Presenças

Também acompanharam a entrega de homenagens os secretários de Transporte e Trânsito e de Gestão da Cidade e Mobilidade Urbana, Flávio Al-Alam e Jacques Reydams, respectivamente; a diretora-executiva do Parque Tecnológico, Rosâni Ribeiro; o presidente da Câmara Municipal, José Sizenando (DEM); os vereadores Enéias Clarindo (PSDB) e Marcos Ferreira (PT); representantes da Brigada Militar, Polícia Civil, Conselho Comunitário Pró-Segurança Pública, Corpo de Bombeiros, entre outras instituições de segurança pública da região.

Tags

guarda municipal, aniversário, 30 anos, nova turma, efetivo

Carregando 0%