ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Gabinete da prefeita

Município amplia área de risco de alagamentos

Vila Farroupilha passa de zona de alerta para de risco; água acumulada no lago Guaíba deve chegar em Pelotas entre segunda (13) e quarta (15)

Por César Soares 11-05-2024 | 15:25:23

Duas novas informações concentraram as atenções das autoridades e das forças de segurança que estão atuando em Pelotas durante a reunião de alinhamento e atualização realizada na Sala de Situação na manhã deste sábado (11): o município vai alterar a área da Vila Farroupilha, que estava mapeada como de alerta, para área de risco - de laranja para vermelho. Outra informação aponta, a partir de novo estudo, que o pior cenário deva se dar entre segunda-feira (13) e quarta-feira (15), quando a mancha do excedente das águas acumulada no lago Guaíba deve chegar na região de Pelotas.

Farroupilha entra em área considerada de risco. Imagem: divulgação.

Conforme a prefeita Paula Mascarenhas, depois de novas reavaliações com profissionais do Sanep, que consideraram as áreas mais vulneráveis do sistema de drenagem para riscos de alagamentos, a região entre a Rodoviária de Pelotas e vila Farroupilha, por precaução, passam da indicação de alerta para zona de risco, exigindo a remoção preventiva da população. “Fizemos essa atualização para que aquela comunidade possa se preparar, se precaver, tomar os cuidados, levantando móveis com certo tempo, sem ter que fazer isso correndo, e, se possível e de preferência, deixar esses locais, indo para lugares mais altos, secos, casas de parentes, amigos ou nossos abrigos”, enfatizou a prefeita.

De acordo com as novas avaliações, esses alagamentos podem ocorrer devido a alguns fatores, como o alto nível do canal São Gonçalo, que tem se mantido estável, porém alto, entre 2,70 metros e 2,74 metros, dificultando o escoamento dos canais da cidade. Outro fator considerado foi a barragem Santa Bárbara, que está recebendo contribuição de outros canais menores e tem se elevado também, o que faz com que o canal Santa Bárbara, que dá vazão à Barragem, e a Farroupilha, também esteja elevado, além das chuvas que caem sobre o solo já molhado e da condição dos ventos. Por tudo isso, a mais nova orientação alterou a classificação da Farroupilha.

Telefones para quem precisar se deslocar para algum dos abrigos municipais:

▪️ Bombeiros: 193

▪️ Guarda Municipal: 153

▪️ Brigada Militar: 190

Movimentação da mancha das águas excedentes do Guaíba. Foto: divulgação.

Estudo aponta momento crítico para os próximos dias

O trabalho de monitoramento dos pesquisadores da UFPel informou a similaridade com outros dois estudos regionais feitos por especialistas da própria Universidade e da UFRGS acerca, respectivamente, da mancha de inundação e de seu deslocamento com a coloração alaranjada de sedimentos pela Lagoa dos Patos. Segundo este estudo, os modelos apontam que estas águas excedentes do Guaíba devem chegar à região de Pelotas, considerando as condições dos ventos, entre segunda e quarta, o que deve influenciar nos níveis de alagamento. Esses estudos têm contribuído para os trabalhos preventivos de identificação das possíveis áreas de risco da cidade e resgate.

Tags

Área de risco, Farroupilha, estudos, mancha de inundação, águas, Lagoa dos Patos

Carregando 0%
Carregando 0%