ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Sanep

Paula participa de formatura do projeto Cidadão Bombeiro

Iniciativa voltada à formação visa à reinserção dos jovens no mercado de trabalho

Por Micael Carvalho 22-11-2022 | 17:45:38

A prefeita Paula Mascarenhas participou, na tarde desta terça-feira (22), da formatura do primeiro curso Cidadão Bombeiro, no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) Pelotas. Com a parceria entre a instituição e o 3º Batalhão de Bombeiros Militar, a iniciativa resultou na formação de 11 socioeducandos. O projeto teve início neste ano e já são estudadas as possibilidades de abertura de novas turmas.

Fotos: Gustavo Vara

Paula parabenizou os idealizadores do curso e destacou a importância de oportunizar espaços de ensino e inclusão. “Eu fico muito feliz e orgulhosa com o trabalho que vem sendo desenvolvido aqui, criando oportunidades para que esses jovens saiam mais fortes e acreditando na sua própria capacidade. O que está sendo criado é um caminho e este é o verdadeiro sentido da socioeducação”, afirmou.

Com objetivo de capacitar os socioeducandos, com o ensino de práticas de primeiros socorros e instruções sobre o Plano de Prevenção e Proteção Contra Incêndios (PPCI), o curso Cidadão Bombeiro foi idealizado durante um ano, sendo o pioneiro a ser implantado no Rio Grande do Sul. Durante a formação, os jovens que cumprem medidas socioeducativas participam de atividades práticas com bombeiros militares, como trabalho em grupo e superação de desafios, além de questões como disciplina e hierarquia.

De acordo com a diretora do Case Pelotas, Daiane Dias, a experiência é de extrema valorização do trabalho realizado dentro da instituição, visto que é a primeira vez que um órgão de segurança pública participa de ações educativas em uma unidade de recuperação.

“Essa capacitação representa uma ferramenta de transformação social, um mecanismo de mudança que vai possibilitar a abertura de novas portas. É um momento único, sendo a primeira vez que o Corpo de Bombeiros entra aqui sem ser para apagar um incêndio e, sim, para capacitar os nossos jovens”, destacou.

Após o desenvolvimento do curso, os alunos são submetidos a uma prova teórica e aqueles que atingirem 70% de acertos, recebem a certificação de brigadistas habilitados. A partir disso podem desenvolver ações relacionadas a Planos de Proteção Contra Incêndios (PPCI), o que deve possibilitar a reinserção social através de novas perspectivas no mercado de trabalho.

A entrega dos certificados contou com a participação da Banda Musical da Brigada Militar, professores do curso, funcionários da instituição e familiares dos socioeducandos.

Também estiveram presentes na solenidade o coordenador regional da Defesa Civil, tenente-coronel Márcio André Facin, o comandante do Corpo de Bombeiros de Pelotas, tenente-coronel Gerson Luís da Silva Rodrigues, o presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul (Fase-RS), José Antônio Matos Réus, os magistrados da Comarca de Pelotas, Marcelo Cabral e Alessandra Couto, e o presidente da Câmara, vereador Marcos Ferreira (sem partido).

Tags

case, cidadão bombeiro, inclusão

Carregando 0%