ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO - IDH
O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) trata-se de um indicador composto por três variáveis; referentes aos aspectos de saúde, educação e renda das populações. Seu valor varia entre 0 e 1 e valores mais altos indicam melhores condições de vida.

O valor do IDH de Pelotas alcançou em 2000 o índice de 0,820, o que a coloca entre os locais de alto desenvolvimento humano. Fonte: PNUD, 2000.

Dentre os mais de cinco mil municípios brasileiros, Pelotas está entre os 5% de maior desenvolvimento humano, ocupando a 276ª posição. Quando o referencial é o RS, a colocação de Pelotas está dentro dos 20% dos municípios com tal indicador mais elevado.

Os municípios que fazem parte dos 20% com IDH-M (RENDA-EDUCAÇÃO-SAÚDE) mais elevado do Estado estão indicados com a cor azul. No mapa, percebe-se que Pelotas é um dos poucos municípios nesta faixa que se localizam na Metade Sul do Rio Grande.

Quadro comparativo - idh

Fonte: PNUD – 2000

ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO socioeconômico - IDESE

O Índice de Desenvolvimento Socioeconômico (IDESE) criado em 2003 pela Fundação de Economia e Estatística (FEE) é um índice sintético que tem por objetivo medir o grau de desenvolvimento dos municípios do Rio Grande do Sul. O IDESE é o resultado da agregação de quatro blocos de indicadores: Domicílio e Saneamento, Educação, Saúde e Renda. Para cada uma das variáveis componentes dos blocos é calculado um Índice, entre 0 (nenhum desenvolvimento) e 1 (desenvolvimento total), que indica a posição relativa para os municípios. São fixados, a partir disto, valores de referência máximo (1) e mínimo (0) de cada variável.

Em 2009 Pelotas alcançou o índice de 0,770 o que a coloca em 56º lugar no estado do Rio Grande do Sul.

No mesmo ano, o Rio Grande do Sul alcançou o índice de 0,776.

FONTE: FEE/2009