ÚLTIMAS NOTÍCIAS > Gabinete da prefeita

Paula prestigia seminário integrado da Rede Materno Infantojuvenil

Primeiro Seminário Integrado da Rede Intersetorial para Atendimento às Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violência foi organizado pelo Município com objetivo de fortalecer o grupo de profissionais envolvidos

Por Marina Amaral 22-09-2022 | 13:57:08

A prefeita Paula Mascarenhas participou, nesta quinta-feira (22), do primeiro Seminário Integrado da Rede Intersetorial para o Atendimento às Crianças e Adolescentes Vítimas ou Testemunhas de Violência, organizado pelo Município através da Rede de Atenção à Saúde Materno Infantojuvenil (Remi) da Secretaria de Saúde (SMS). O evento, que reuniu a rede envolvida nesse atendimento em Pelotas, aconteceu no Auditório Enilda Feistauer do IFSul Campus Pelotas.

“Estamos construindo e fortalecendo, em Pelotas, uma rede capaz de promover a saúde desde a primeira infância. A sociedade é um reflexo de como atuamos a partir das crianças. Por isso, precisamos ter uma rede pública capaz de identificar quando uma criança não está em um ambiente que ela merece estar ou vivendo em um processo de violência, o qual, na maioria das vezes é escondido, pois os pequenos não sabem identificar ou pedir socorro. Essa é nossa responsabilidade enquanto Poder Público Municipal”, afirmou Paula.
Foto: Gustavo Vara

Além de apresentar o trabalho desenvolvido pela rede, no que se refere ao atendimento e encaminhamentos de crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência, o seminário também buscou definir o papel de cada serviço envolvido, para tornar os profissionais multiplicadores de informações e fortalecer o trabalho de Pelotas no que tange uma maior resolução de casos atendidos e à prevenção de danos para esse público.

A secretária de Saúde, Roberta Paganini, destacou o diferencial do Município, “que é a atuação intersetorial, criada no Pacto Pelotas pela Paz. Essa característica é justamente o que se precisa para que possa ser realizado esse atendimento às crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violências, para que seja ofertado o melhor serviço a elas”.

Durante o ato de abertura, os filhos dos funcionários da equipe da rede de Atenção à Saúde Materno Infantil entregaram rosas brancas às autoridades presentes, simbolizando a importância dos gestores pensarem em políticas públicas voltadas a crianças e adolescentes, proporcionando oportunidades, meios de promoção de paz e melhoria da qualidade de vida dessas pessoas.

Foto: Gustavo Vara

O evento também contou com palestras e uma mesa redonda sobre a atuação dos órgãos na rede de proteção das crianças e adolescentes vítimas ou testemunhas de violência, além de uma apresentação musical de alunos da rede municipal de ensino da cidade. 

Também participaram da cerimônia a secretária de Educação e Desporto, Adriane Silveira, a coordenadora executiva do Pacto Pelotas pela Paz, Aline Crochemore, a coordenadora da Remi, enfermeira Carmem Viegas, a diretora da pasta de Assistência Social, Alicéia Ceciliano, o diretor da UPA Areal, Nelson Soares, o presidente do Conselho Municipal de Saúde, César Lima, a promotora de Justiça da Vara da Infância e Juventude de Pelotas, Luciara Robe da Silveira Pereira, a delegada da Delegacia da Criança e do Adolescente, Lisiane Mattarredona, a coordenadora do Centro de Referência no Atendimento Infantojuvenil, Aline Cardoso, e a assistente social Gabriela Farias de Oliveira.

Tags

rede materno infantojuvenil, remi, seminário integrado, crianças e adolescentes, violência, rede intersetorial

Carregando 0%